Sobre o BioLing

O grupo de pesquisa Biologia da Linguagem (BioLing) tem como principal objetivo contribuir para o entendimento do modo como a linguagem está representada na mente/cérebro. Para tanto, volta-se para a investigação de déficits linguísticos em indivíduos com patologia da linguagem (como afasia e Alzheimer), para o estudo de como se dá a aquisição da primeira e de uma segunda língua e para a análise comparativa entre línguas. Os principais fenômenos linguísticos investigados são os de tempo e aspecto.

As principais atividades do grupo são as seguintes: (i) reuniões semanais para discussões sobre as pesquisas em andamento dos integrantes do grupo – de Iniciação Científica, Mestrado e Doutorado; (ii) leitura, discussão e análise de textos dentro do quadro teórico do gerativismo; (iii) desenvolvimento de experimentos linguísticos que contribuam para as pesquisas em curso; (iv) análises dos fenômenos investigados em corpora de diferentes línguas; (v) realização de eventos como seminários, congressos e cursos de extensão com temáticas relativas às pesquisas do grupo e (vi) preparação de apresentações orais para eventos científicos e de artigos para publicação em meio científico especializado.